Logo IFRJ

IFRJ na Olimpíada Brasileira de Informática

O Campus Arraial do Cabo sediou a terceira Fase Nacional da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI), no dia 21 de setembro. Realizada pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), e seguindo os moldes de olimpíadas cientificas como Matemática e Astronomia, a OBI-2019 teve como objetivo despertar nos estudantes o interesse pela Ciência da Computação, através de uma atividade que envolve desafio, engenhosidade e uma dose de competição.

campus garantiu, pela primeira vez, participação na terceira e última fase, que contou com 67 classificados do Rio de Janeiro, sendo dois da unidade.

Todas as etapas foram providenciadas e aplicadas pelo delegado responsável pela OBI e coordenador do projeto no campus, professor Fernando Moraes de Oliveira. A primeira fase (local) foi aplicada no dia 30/05/2019, e a segunda (estadual) no dia 14/08/2019.

Fernando falou a respeito da preparação para o evento. "Desde 2014, o projeto vem crescendo, se transformando e se consolidando. Nos últimos cinco anos realizamos eventos locais e diversos treinamentos preparatórios para a OBI, como a “Maratona de Programação”, que sempre acontece durante a Semana Acadêmica. Além disso, o coordenador destacou o projeto de extensão preparatório para a OBI, que mantém os alunos organizados em grupos de estudos para resolução das questões das provas anteriores.

Em relação aos alunos classificados, Fernando frisou o orgulho que sente e disse acreditar no potencial dos jovens para participarem de mais dois anos, com grandes chances de alcançarem resultados expressivos, sejam individuais e/ou em grupo. “Sinto que o trabalho começa a ganhar corpo e forma, e que cada vez mais aumentaremos quali-quantitativamente nossa participação na OBI”, concluiu.

Rodrigo Santos Oliveira, discente do 4º período do curso Técnico em Informática, relatou a experiência. “Ao passar das fases percebi que a OBI ia ser um desafio incrível e que eu ainda tinha muito a aprender. Poder chegar no nível nacional e estar entre os melhores do país, é uma honra muito grande”, disse.

Diogo Alves da Cruz, classificado para a fase nacional e também estudante do 4º período do curso Técnico em Informática, comentou a conquista. “Durante as primeiras etapas tive um sentimento muito bom em estar participando disso com meus amigos. Agora, ao chegar na fase nacional, senti uma luz que me fez querer mais ainda ser um programador no futuro, e me preparar mais para fazer a OBI no ano que vem”, contou.

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO